11 de julho, 2013

Calendário do mês do Ramadan e os benefícios do jejum


Em Nome de Deus o Clemente o Misericordioso

“O mês de Ramadan foi o mês em que foi revelado o Alcorão – orientação para a humanidade e evidencia de orientação e de discernimento. Por conseguinte, quem de vós presenciar o novilúnio desse mês deverá jejuar; porem, quem se achar enfermo ou em viagem jejuará somente depois o mesmo número de dias. Deus, vos deseja a comodidade e não a dificuldade, mas cumpra o número de dias, e glorificai a Deus por ter-vos orientado, a fim de que Lhe agradeçais” (2:183-185).

O jejum é uma educação espiritual e a isso referiu-se o profeta Muhammad (SAAS) ao dizer “quem não deixa de dizer inverdades e agir falsamente, a Deus não interessa que ele deixe de comer e beber”… “Se for o dia de jejuar de alguém, não deve pecar, nem tumultuar, e se alguém lhe ofender (insultando) ou provocar, que lhe diga ‘Estou de jejum’”. Estas duas máximas honradas do profeta explicam o sentido real do jejum, ou seja, deixar de cometer pecados, deixar de falar o mal, perdoar os maldosos, e se ocupar com penitências e adoração a Deus, pois as boas ações se multiplicam no Ramadan, o jejuador vive no Ramadan um passeio espiritual no jardim do Alcorão Sagrado, cultivando em recitá-lo, respirando o aroma de seus versículos exalantes, orientando-se com sua luz, adornando-se com sua moral, agindo dentro de seus preceitos, buscando nesse passeio, tranquilidade que é abrigo para sua alma, tendo se encontrado e se auto julgar retirando sua alma da escuridão, e da ignorância da matéria para que há no Alcorão de valores, moral e sublimidade.

Colaboração: Tereza Polan

A seguir os horários diários das orações, do início do jejum e da quebra de jejum:
(válido pra cidade de Foz do Iguaçu)

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag

Geral - notícias