SBI

27 de abril, 2016

Começa vacinação contra gripe no Paraná


vacina-1024x683
A campanha de vacinação contra a gripe começou segunda-feira (25) em todos os municípios do Paraná.

Cerca de 2,9 milhões de paranaenses já podem se vacinar contra a gripe na rede pública de saúde. As doses estão disponíveis em mais de 2.200 unidades de saúde. No Paraná, o início da campanha foi antecipado em cinco dias por conta do recente aumento no número de casos da doença.
A mobilização segue até o dia 20 de maio, mas as autoridades de saúde recomendam que quem faz parte dos grupos prioritários seja imunizado o quanto antes. “Com a chegada do frio, o risco só aumenta. Por isso, o ideal é que as pessoas não deixem para a última hora e procurem os postos de vacinação já nesta primeira semana”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.
O apelo é importante porque a vacina demora pelo menos 15 dias para fazer efeito após a aplicação. “Este é o tempo que o corpo humano precisa para desenvolver as defesas necessárias contra o vírus Influenza, causador da gripe”, diz o secretário.
Neste ano, têm direito à vacina na rede pública: pessoas com mais de 60 anos, crianças de seis meses até cinco anos incompletos, gestantes, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias, indígenas e portadores de doenças crônicas. Também haverá vacinação de profissionais de saúde e população privada de liberdade.
Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Cleide de Oliveira, a meta é vacinar pelo menos 80% de todos os públicos-alvo. “A campanha busca proteger principalmente pessoas que têm maior risco de desenvolver a forma grave da doença. Deste modo, podemos reduzir também o número de mortes por gripe”, disse.
Até esta segunda-feira, a Secretaria Estadual da Saúde já registra 103 casos de gripe no Paraná. Destes, 38 pessoas evoluíram para um quadro grave e sete morreram.
Quem aproveitou o primeiro dia de campanha para se vacinar foi a gestante Priscila Scripietz Sá Fortes, moradora de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Mãe de uma criança de 2 anos e seis meses, ela também levou o filho para ser imunizado. “A gripe está aí e não podemos nos descuidar. A preocupação é grande e todos que têm direito devem vir tomar a vacina”, destacou.
A aposentada Alair Cubas também não perdeu tempo e foi ao posto de vacinação logo cedo. “Venho todos os anos, porque gripe é uma doença séria e mata. Sempre procuro me cuidar e a vacina é mais uma forma de me proteger”, disse a ex-caminhoneira de 66 anos. A visita à unidade de saúde também é uma oportunidade de atualizar o esquema básico de vacinação. “É importante que a pessoa leve sua carteirinha de vacinação. Se houver alguma vacina em atraso, o cidadão pode tomá-la na hora”, disse o coordenador estadual de Imunização, João Luis Crivellaro.
De acordo com informações do Programa Nacional de Imunização, até as 18 horas desta segunda-feira pelo menos 26 mil paranaenses foram imunizados neste início de vacinação. Os números são preliminares e devem aumentar à medida que as prefeituras municipais atualizem os bancos de dados. (AEN)

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag