Escola Libano Brasileira

31 de janeiro, 2017

Educadores mantêm ocupação do Núcleo de Educação de Foz do Iguaçu


nucleo-de-educacao-1024x576
A mobilização da APP-Sindicato/Foz no NRE de Foz do Iguaçu está no segundo dia

Professores e agentes educacionais da rede estadual de ensino mantêm a ocupação da sede do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Foz do Iguaçu, nesta terça-feira, 31. A categoria pede a revogação da resolução 113/2017, normativa editada pelo Governo do Estado que reduz a hora-atividade e impõe restrições à distribuição de aulas entre educadores que obtiveram licenças médicas e outros afastamentos legais. As mudanças provocarão a demissão de 7 mil professores.
A mobilização da APP-Sindicato/Foz no NRE de Foz do Iguaçu está no segundo dia. Na manhã desta terça-feira, grande contingente policial acompanha o movimento no órgão educacional. Os educadores mantêm instalada barraca, distribuem informativos e dialogam com a comunidade sobre as reivindicações dos trabalhadores da educação. É permitido aos funcionários do NRE o acesso ao local de trabalho.
A resolução 113/2017 foi instituída pelo Governo do Paraná de forma autoritária, sem nenhum debate com a categoria. As alterações irão comprometer ainda mais as condições de trabalho dos servidores e resultarão na piora da qualidade de ensino. Para o sindicato, o governo deve revogar a medida para garantir o início do ano letivo, evitando a greve nas escolas da rede estadual. Os educadores realizam Assembleia Estadual no dia 11 de fevereiro, em Maringá. (APP-Sindicato – Núcleo Sindical de Foz do Iguaçu).

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe