12 de novembro, 2010

Kaaba – O Templo da Unicidade e da União


Construída pelo Profeta Abraão e seu primogênito Ismael, a Kaaba é o templo símbolo da Unicidade Divina e da União entre os humanos.

No meio do Oriente Médio e no centro do mundo, um templo sagrado reúne mais de um milhão de fiéis todo ano. Uma multidão de vozes se sobrepondo para compor uma única voz, forte e suave, ritmada e envolvente, capaz de ser ouvida pela mais longínqua terra, pelas estrelas e pela lua, repetindo encantadoramente: LABAIKA ALLAHUMA LABAIK … !
A multidão se assemelha na diversidade, utilizando a mesma vestimenta simples de panos brancos e límpidos, adorando Um Único Deus, o Criador do Universo! Negros, latino-americanos, persas, árabes, turcos, indonésios, chineses, estado-unidenses, europeus e pessoas de diversas outras origens, unidos em torno de um templo, a Kaaba. Neste momento todos se identificam como humanos, como crentes em um só Deus e fazem das diferenças razões para proximidade, entendimento e aceitação do próximo.

Historiadores confirmam a probabilidade de a Kaaba ter sido o primeiro templo da história da humanidade, construída por Adão para adorar a Deus. A tradição Corânica e tradição Bíblica nos ensinam que o Profeta Abraão (SS) a construiu juntamente com seu filho primogênito, Ismael, como símbolo do monoteísmo e adoração a Deus Único, que perduraria para sempre. Tempo se passou e o templo mais antigo e sagrado fora dominado à força por politeístas, os quais expulsaram o domínio dos monoteístas, os seguidores de Abraão. Por volta do ano de 640 d.C., Deus revela ao último dos profetas, Mohammad (SS), o dever de reconquistar a Kaaba. O Profeta de Deus reconquista pacificamente o Templo Símbolo da Unicidade Divina e expulsa todos os “deuses”, as pedras idolatradas pelos politeístas. Assim, Deus Altíssimo ordena a Mohammad e aos crentes que façam a peregrinação a Meca uma vez na vida se possível, durante a qual se seguiria como ritual os passos do Profeta Abraão e seu filho Ismael, durante a construção do Templo.

Assim se constitui a igualdade na diversidade, a humildade na grandeza, a servidão ao Absoluto … é a completude da alma, a sensibilidade do espírito aflorando, o sentimento de irmandade no nível mais elevado … é a experiência única em torno do Templo Sagrado, a satisfação do cumprimento da obrigação em torno da Unicidade … é a elevação da consciência na servidão ao Deus Único de Noé, de Moisés e de Jesus … é a entrega total ao Deus Único de Mohammad, na corrente de fé prescrita por Deus Altíssimo e cumprida pelos fiéis numa procissão incessante e profunda. É a peregrinação a Kaaba, na retomada do monoteísmo puro de Abraão, no sentimento de agradecimento, louvor e obediência ao Criador por Sua Infinita Misericórdia.

“A Peregrinação a esta Casa é uma obrigação a todos os seres humanos, devendo realizá-la pela Causa de Deus quem estiver em condições de fazê-la. E quem se negar, se prejudica a si mesmo. E Deus é Autosuficiente.” (3:97 Alcorão Sagrado)

“E apareceu o SENHOR a Abrão e disse: À tua semente darei esta terra. E edificou ali um altar ao SENHOR, que lhe aparecera.” (Bíblia, Gênises 12,7)

escrito por Adnan El Sayed

_______________________________________________
Meca – cidade na Arábia, onde se localiza a Kaaba
Haj – palavra árabe que significa Peregrinação
Eid al Adha – expressão árabe que indica o último dia da peregrinação, data comemorativa aos muçulmanos
SS – abreviação de “Sallat wa Salam Aaleihe wa Alih”, que significa Que a Paz e Benção estejam sobre ele e sua Purificada Família

GAMAL OUMAIRI

/


EM NOME DO ALTÍSSIMO ASSALAMU ALEIKOM: PARABENIZO A BRILHANTE MATERIA ESCRITA PELO QUERIDO IRMÃO ADNAN EL SEYED. CONTINUE SEMPRE ESCREVENDO IRMÃO. QUE A PAZ E AS BENÇAOS DO SENHOR DOS MUNDOS ESTEJAM S

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag

Geral - notícias