SBI

02 de maio, 2016

Operação da Receita Federal reforça fiscalização na tríplice fronteira


Ação é realizada em conjunto com a PF, PRF, PM, PC e Marinha. Bloqueio se concentra na praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu.
fiscalizapedagio1
Além da praça de pedágio, fiscalização será realizada no Lago de Itaipu, estradas rurais e nas pontes da Amizade e Tancredo Neves (Foto: Receita Federal / Divulgação)

Do G1 PR, em Foz do Iguaçu

A Receita Federal iniciou nesta segunda-feira (2) uma nova ação de reforço no combate ao contrabando e ao tráfico de drogas, armas e munição na região da fronteira entre o Brasil, Paraguai e Argentina. A Operação Muralha é realizada em conjunto com a Marinha e as polícias Federal (PF), Rodoviária Federal (PRF), Civil (PC) e Militar (PM).
O bloqueio se concentra na praça de pedágio da BR-277 em São Miguel do Iguaçu, no oeste do Paraná. Equipes também farão o monitoramento do Lago de Itaipu, de estradas rurais e das pontes internacional da Amizade, com o Paraguai, e Tancredo Neves, com a Argentina. A ação não tem prazo para ser encerrada.
Já nas primeiras horas de fiscalização, agentes apreenderam um carro com placas de São José (SC) que transportava quatro caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai, totalizando cerca de dois mil maços. A motorista, de 37 anos, foi identificada e liberada.
Uma Coletiva de imprensa aconteceu às 10h na estrutura de fiscalização montada ao lado da praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu, com a presença dos representantes da Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Marinha, Polícia Militar e Polícia Civil.

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag