Em destaque

31 de janeiro, 2017

PF indicia Reni e mais 53 pessoas entre vereadores e políticos


reni-638x425

A Polícia Federal (PF) indiciou o ex-prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira (PSB), e mais 53 pessoas que figuram como alvos das últimas duas fases da “Operação Pecúlio”. Deflagrada em dezembro passado, a 5ª e 6ª etapa da investigação acusa o envolvimento de políticos e empresários da região no suposto esquema de corrupção instaurado no Executivo Municipal sob o comando do ex-prefeito.
Reni é apontado pelos investigadores que atuam na Pecúlio como o chefe da organização criminosa criada com a finalidade de desviar recursos federais que deveriam ser aplicados originalmente no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e no Sistema Único de Saúde (SUS). Desde que foi instaurada, em 19 de abril, a operação revelou um esquema criminoso gerenciado por agentes públicos da prefeitura com participação de vereadores da Câmara Municipal.
Após denúncia do Ministério Público Federal (MPF) relativa à 4ª fase da operação, registrada em junho do ano passado, 85 pessoas tornaram-se rés na 3.ª Vara Federal em Foz do Iguaçu. O grupo é majoritariamente formado por nomes com ligação direta ou indireta ao ex-prefeito. (Bruno Soares – reportagem / Foto: arquivo)

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag

Geral - notícias