SBI

26 de outubro, 2016

Reni deixa prisão domiciliar mas continua afastado da Prefeitura


Prefeito afastado Reni Pereira

O Ministro Sebastião Reis Junior, do Superior Tribunal Justiça, concedeu habeas corpus ao prefeito afastado de Foz do Iguaçu Reni Pereira (PSB). A decisão monocrática, em caráter liminar, foi tomada ontem (25) por volta das 16h.
Com isso, Reni sai da condição de prisão domiciliar e passa a responder em liberdade às acusações feitas pelo Ministério Público Federal no processo da Operação Pecúlio. Ele não precisará utilizar tornozeleira eletrônica e não há restrição em se ausentar da cidade.
O prefeito não poderá reassumir as funções porque está mantida a decisão do Tribunal Regional Federal que o afastou do cargo desde 14 de julho. O advogado Rodrigo Sánchez Rios, que coordena a equipe da defesa do prefeito, informou que o procedimento a partir de agora é o STJ comunicar o TRF onde corre o processo e enviar a notificação à Justiça Federal em Foz.
O comunicado ao réu era esperado ainda para ontem, mas até o início da noite nenhum oficial de justiça havia sido designado para notificar Reni no condomínio onde ele é mantido em prisão domiciliar. (Elson Marques / Gazeta do Iguaçu)

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag