SBI

05 de maio, 2016

RF divulga primeiro balanço da Operação Muralha


05 Carreta com maconha
Carreta transportava maconha

Os primeiros três dias de Operação Muralha agitaram a região oeste do Paraná. Na barreira de fiscalização montada na praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu/PR, já foram apreendidos 2 mil maços de cigarros, 20kg de maconha, além de 1700 unidades (frascos, comprimidos) de medicamentos e anabolizantes. Três pessoas foram presas.
A primeira ocorrência se deu por volta das 8h de segunda-feira (2), quando da abordagem de um veículo VW/Gol, com placas de São José/SC, que transportava 2 mil maços de cigarros. A motorista, uma mulher de 37 anos, foi identificada e liberada. Ela não portava os documentos do veículo, pois disse que era financiado. O valor total dos cigarros é de R$ 9 mil.
No mesmo dia, por volta das 18h, em abordagem a um veículo VW/Gol, com placas de Blumenau/SC, que transitava com quatro pessoas, foram encontrados 400 comprimidos de medicamentos para disfunção erétil. O motorista de 36 anos disse que tal medicamento seria para seu uso próprio. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu. O veículo foi liberado junto com os demais ocupantes.
Um pouco mais tarde, os servidores da Receita Federal fizeram a abordagem de um Fiat/Palio com placas de Matelândia/PR, que aparentemente continha poucas mercadorias. Porém, pai e filho, que estavam no veículo, contaram diferentes histórias durante conversa com o servidor, o que levantou suspeitas a respeito do veículo que acabou sendo encaminhado para Ponte Internacional da Amizade para ser escaneado. Foram encontrados fundos falsos com aproximadamente 400 potes de cosméticos. O valor estimado da apreensão é de R$ 2 mil. Ambos foram identificados e liberados.
Na noite desta terça-feira (3), por volta das 18h, uma carreta foi abordada na barreira de fiscalização. O nervosismo demonstrado pelo motorista levou os servidores da Receita Federal a conduzirem a carreta até o scanner localizado na Ponte Internacional da Amizade. No caminho, em plena BR-277, o motorista abandonou o veículo e fugiu em direção ao Jardim Jupira. Foi solicitado apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar. Pela imagem do scanner, foi localizado em um compartimento da cabine, ao lado da porta do passageiro, duas mochilas contendo vários tabletes de maconha, pesando no total 20,2 kg.
Na quarta-feira (04), por volta do meio-dia, ainda na barreira de fiscalização em São Miguel do Iguaçu/PR, durante abordagem a um veículo Ford/Ecosport, com placas de Blumenau/SC, foram apreendidos medicamentos e anabolizantes alocados em compartimento sob o banco do passageiro. O veículo transitava com quatro pessoas.
O motorista, um homem de 53 anos, confessou que adquiriu os medicamentos no Paraguai. Ao total foram apreendidos 1200 comprimidos e 36 frascos de anabolizantes, além de 60 comprimidos de medicamento emagrecedor. Ele foi preso em flagrante delito e encaminhado para a Delegacia da Policia Federal em Foz do Iguaçu.
Um pouco mais tarde, por volta das 15h30, em abordagem a um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu/PR – São Paulo/SP, um passageiro levantou suspeita por estar mexendo em sua bagagem no interior do coletivo. Em local reservado, os servidores da Receita Federal procederam à revista pessoal e encontraram junto ao corpo uma arma calibre 38 e aproximadamente 50 munições.
O rapaz disse que a arma seria para sua defesa pessoal e teria como destino a cidade de São Paulo/SP. Ele foi preso em flagrante delito e encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil em São Miguel do Iguaçu/PR.
Além destas ocorrências, foram retidos dois ônibus e encaminhados para fiscalização minuciosa no pátio da Receita Federal em Foz do Iguaçu. Além disso, 75 volumes de mercadorias foram lacrados por estarem acima da cota de U$ 300,00 ou por terem indício de destinação comercial e aguardam para procedimento de contagem e valoração.
A Operação Muralha, que envolve servidores da Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Marinha, Polícia Militar do Paraná e Polícia Civil, teve início no dia 02 de maio por período indeterminado.
Esta ação visa prevenir e combater os crimes de contrabando e descaminho, tráfico de drogas, armas, munições, medicamentos e outros crimes praticados, em especial com enfoque em produtos que ingressam ao Brasil vindos do Paraguai. (GL da RF))

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag