Escola Libano Brasileira

02 de fevereiro, 2014

Sugestões para a volta às aulas! – ESPECIAL AOS PAIS


Quando temos crianças em casa sabemos que final de férias escolares geralmente é sinônimo de dor de cabeça. Afinal, depois de semanas fora da rotina, sem hora marcada para nada e nenhuma atividade a ser feita – a não ser brincar e se divertir -, chega o momento de colocar o relógio dos pequenos para funcionar. Isso sem falar nos gastos característicos do período: compra de uniforme, de material escolar, mochila, livros… Mas uma boa notícia: por mais complicada que essa fase possa parecer, há maneiras de amenizar seus impactos – tanto no sentido emocional quanto no financeiro!

Para começar, saiba que não adianta esperar que seus filhos aceitem numa boa as mudanças – como exemplo: mudança de professores, cronograma de aulas e horários sem contar que as vezes pode não estudar com aquele amigo tão especial, ou seja, alterações drásticas, feitas de uma hora para outra, tendem a não funcionar. E mais: agindo assim, quem vai se estressar além do necessário é você.
Comece a mudar os hábitos uma semana antes do início das aulas, para uma readaptação progressiva. Converse e esclareça a situação e as regras que passarão a vigorar, como a alteração da hora de comer e dormir e a atribuição de algumas tarefas a fim de reduzir o tempo que elas passam brincando.

No entanto, todos devem contribuir. Não adianta colocar a criança na cama e o restante da casa continuar na maior animação. Mudar a rotina de todos é a melhor opção, melhor solução. Até porque os adultos também terão de se adequar à nova realidade. Eles precisam preparar o café da manhã, arrumar o filho para o colégio ou acompanhar as lições de casa depois de um dia inteiro de trabalho.

Rever o esquema adotado no ano passado e mudar o que não deu certo ajuda a família a se organizar. Se já tiver os horários das aulas e das atividades extracurriculares em mãos, faça uma tabela no computador e imprima. Depois, estabeleça a rotina de todos a partir dos compromissos da criança. O controle tem de ser feito pelos pais, que devem impor os limites e não ceder às insistências de jeito nenhum.

É importante ressaltar que, apesar de todos os esforços, os pequenos ainda ficarão muito cansados nos primeiros dias, sobretudo se estiverem mudando de colégio: a novidade leva à excitação de conhecer novos amigos, professores e matérias. Falar com os filhos sobre essa experiência pode deixá-los mais calmos e seguros. Procurar a educadora para ficar por dentro das novidades também auxilia.

Michelle Oliveira Menhem
Psicopedagoga – Clinica Institucional

ESCOLA

Não há comentários aprovados neste post!

Curta e Compartilhe


Horário das orações:


Foz do Iguaçu

Busca

Arquivos

Tag